Doria herda na região três obras paradas do governo França - Folha de Alphaville
11/01/2019
POLÍTICA
Doria herda na região três obras paradas do governo França
Entre os projetos, Corredor Itapevi – SP, construção de unidades habitacionais e reforma do Fórum de Osasco
Gláucia Arboleya
O corredor Itapevi-SP está com obras paradas no trecho de Carapicuíba (Governo do Estado de São Paulo)

O governador João Doria (PSDB) herdou 175 obras paradas do ex-governador Márcio França (PSB). Os projetos interrompidos por França, que somam R$ 10 bilhões, vão de 70 salas de aula, 76 creches, hospitais e quase mil unidades habitacionais, às obras do Rodoanel e linhas do Metrô.

Na região, há três paralisações: a reforma e ampliação do prédio do Fórum de Osasco, prevista em R$ 29, 4 milhões; 782 unidades habitacionais em Carapicuíba e o Corredor Itapevi – São Paulo (trecho Carapicuíba/ km 21 do Rodoanel Oeste), as verbas de ambas não foram especificadas.
Outra obra, projetada para a região, relacionada à mobilidade urbana foi “engavetada” e não aparece na lista. Discutido há anos, o Corredor BRT (Bus Rapid Transit) Metropolitano, sistema rápido de ônibus, que ligará Barueri, Santana de Parnaíba e Cajamar, ainda não saiu do papel.

Segundo a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), o BRT teve seu projeto funcional revisado em 2015 para o trecho Cajamar – Santana de Parnaíba, porém não houve a retomada dos estudos para o trajeto de Santana de Parnaíba a Barueri em função das restrições orçamentárias do Governo do Estado. Procurado pela reportagem, o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi (PSDB), afirmou que não poderia comentar o assunto no momento.

“A Secretaria dos Transportes Metropolitanos e a EMTU decidiram dar andamento aos projetos em fase adiantada de execução, a exemplo do Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo”, informou a EMTU. Obra que está parada, conforme citado acima. Os trabalhos preveem a construção da Estação de Transferência Barueri, do Terminal Metropolitano Carapicuíba, além de 8,8 km de viário exclusivo para a circulação de ônibus.

Impasse
O projeto funcional do primeiro trecho que liga Cajamar a Parnaíba, de aproximadamente 14 km de extensão, foi concluído em dezembro de 2016. Mas, o segundo trajeto entre Parnaíba e Barueri ficou paralisado, aguardando negociações com a Prefeitura de Barueri para definição do traçado no município.

A previsão inicial era de que o empreendimento de R$ 250 milhões atenda 60 mil passageiros por dia. O BRT terá 28,3km de extensão onde está prevista a construção de três terminais de integração, 33 estações de embarque e desembarque, ciclovia e uma ponte sobre o Rio Tietê em Parnaíba.

Educação
O governador pessebista não contratou aproximadamente 9 mil professores, podendo deixar milhares de alunos sem aulas neste começo de ano letivo. A Secretaria de Educação da gestão anterior também não comprou material escolar, para que mais de 2 milhões de crianças possam retornar às aulas. “Herdamos o caos na educação”, disse o atual secretário da pasta Rossieli Soares. Em Barueri, há 21 escolas estaduais. Santana de Parnaíba possui somente unidades municipais.