Novo Camaro evolui sem perder a essência  - Folha de Alphaville
07/12/2018
FOLHA DO CARRO
Novo Camaro evolui sem perder a essência 
Modelo icônico da Chevrolet reforça atitude superesportiva com visual mais imponente, transmissão de 10 marchas e launch control
Terceira geração do MyLink e retrovisor interno por câmera são outras novidades do carro, que chega no primeiro trimestre nas opções cupê e conversível (Foto: Divulgação Chevrolet)

O Camaro 2019 reforça sua atitude superesportiva com um design mais imponente, transmissão automática sequencial de 10 marchas além dos inéditos sistemas de controle de largada e de aquecimento de pneus traseiros.

Outras importantes inovações que estreiam com o modelo são a terceira geração do multimídia MyLink e o retrovisor interno por câmera.
“O Camaro continua evoluindo sem perder sua essência de performance, design, tecnologia e valor que permeia todo portfolio Chevrolet”, destaca Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul.

O Novo Camaro SS chega às concessionárias no primeiro trimestre do próximo ano com o potente motor 6.2 V8 de 461 cv e 62,9 kgfm de torque. São duas as opções de carroceria: cupê (com teto solar) e conversível. Já o leque diferenciado de cores inclui o Azul Egípcio, o Laranja Imperial e o Amarelo Persa, além do Branco Summit, Preto Ouro Negro e Vermelho Tinto.

Produto aspiracional da gama, o Camaro vem tendo papel importante no fortalecimento da marca Chevrolet, que vive seu melhor momento no Brasil com a conquista da liderança absoluta do mercado pelo terceiro ano consecutivo.
A chegada do Camaro também causa frisson por ser ser o Muscle Car de maior legado no país, com mais de 6 mil unidades vendidas. O modelo é produzido nos Estados Unidos e está em sua sexta geração.

Novo DNA estético Chevrolet
O Camaro 2019 caracteriza-se pelo design mais imponente e esportivo. Na dianteira, essa percepção dá-se pelos novos faróis em Full LED, além do capô, grade e para-choque remodelados. Tudo isto agrega uma personalidade marcante ao veículo e antecipa a linguagem estética de futuros modelos da Chevrolet.

Os projetistas do Muscle Car usaram de criatividade para integrar os elementos através da profusão de formas, dimensões, materiais e cores. Buscou-se também evoluções aerodinâmicas - razão da gravata Chevrolet vazada.

O mesmo conceito de contemporaneidade foi aplicado na parte traseira. As lanternas, aliás, mostram a evolução do conceito “dual-element” da Chevrolet e harmonizam com o para-choque de linhas mais musculosas.

Na lateral, o diferencial fica por conta das rodas de 20 polegadas. Enquanto no cupê elas trazem pintura acetinada, no conversível elas são pretas de alto brilho. O design também é diferente, o que contribui para diferenciar a identidade de cada versão.