Em dezembro, inadimplência do consumidor de Barueri subiu 1,2% - Folha de Alphaville
08/02/2019
ECONOMIA
Em dezembro, inadimplência do consumidor de Barueri subiu 1,2%
No país, os pedidos de falência recuaram 14,5% no acumulado em 12 meses, segundo dados da Boa Vista
Gláucia Arboleya

Em Barueri e região, a inadimplência do consumidor subiu 1,2% na comparação mensal de dezembro ante novembro, de acordo com os dados da Boa Vista. No Estado de São Paulo não foi anotada alta, o percentual ficou em 0,0%. No Sudeste, o índice foi de 0,2%. Na variação interanual (mesmo mês do ano anterior) o indicador elevou 7,4%.

Já a recuperação de crédito, por sua vez, aumentou 0,9% em Barueri na análise durante o período mencionado. No Estado de São Paulo, a taxa ficou negativa em -0,1%.

Falência
Os pedidos de falência recuaram 14,5% no acumulado em 12 meses, no país. Mantida a base de comparação, as falências decretadas contabilizaram acréscimo de 1,3%, assim como os pedidos de recuperação judicial (2,8%) e recuperações judiciais deferidas (3,5%).

Na relação mensal, as solicitações de falência avançaram 10,3% em relação a dezembro, assim como as falências decretadas (46,9%). No sentido contrário, registraram queda os pedidos de recuperação judicial (-43,7%) e recuperações judiciais deferidas (-56,8%). De acordo com os resultados acumulados em 12 meses, os pedidos de falência continuam recuando.

Segundo a Boa Vista, o movimento de queda está “atrelado a melhora nas condições econômicas desde o ano passado, que permitiu às empresas apresentarem sinais mais sólidos nos indicadores de solvência. A continuidade desse recuo dependerá de uma retomada mais acelerada da atividade econômica nos próximos períodos”.

Metodologia
O indicador de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas e o de recuperação de crédito é feito com base nas exclusões de casos informadas à Boa Vista pelas empresas credoras.