Barueri conta com parcerias privadas para driblar a crise - Folha de Alphaville
19/10/2017
POLÍTICA
Barueri conta com parcerias privadas para driblar a crise
Encontro empresarial reuniu autoridades e empresários em busca de soluções e desenvolvimento
Katherine Cifali
O secretário Magoo, um dos responsáveis pela realização do Encontro Empresarial de Barueri. Fotos: Divulgação

Por intermédio da secretaria da indústria, comércio e trabalho de Barueri, a prefeitura promoveu o primeiro Encontro Empresarial da cidade. Na ocasião, era esperado que o prefeito Rubens Furlan (PSDB) discursasse sobre os 10 primeiros meses de sua administração, além de abordar quais são os planos da prefeitura para os próximos 3 anos de mandato. No entanto, durante sua fala, o tucano, não chegou a citar ações ou projetos específicos que tenham beneficiado a cidade ao longo desses meses, mas enfatizou o tempo que levou para reestruturar a prefeitura.

“Esses 10 meses foram muito difíceis porque tivemos que criar muitos mecanismos para melhorar a estrutura da cidade. A desorganização se estabeleceu de tal forma que tivemos muitas dificuldades para partir de um só ponto. Mas daqui para a frente a engrenagem está bem montada, as coisas vão acontecer mais rapidamente”, disse o prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB).

O objetivo principal do encontro era aproximar o setor público das 200 maiores empresas da cidade, uma sugestão do secretário da Indústria, Comércio e Trabalho de Barueri, Joaldo Macedo Rodrigues, o Magoo. “Eu vim da iniciativa privada, sei como funciona e se a classe empresarial confiar no governo, vamos criar situações favoráveis para a cidade e para o empresariado. Todos nós estamos sofrendo”, afirma Magoo, que vem criando parcerias para aumentar a empregabilidade no município.

A Parceria Público-Privada, chamada de PPP, é prevista em lei, sancionada em 2004, e determina a regulamentação dos serviços em parceria feitos entre os setores, porém, muitas vezes, a burocracia e encargos acabam desmotivando o empresário.

“O setor público deve entender a necessidade empresarial e regulamentar isso da forma mais simples possível, claro que, respeitando todos os princípios éticos. Mas estamos andando na mão contrária, os encargos e impostos tornam a atividade cada vez mais difícil”, argumenta o presidente da MPD Engenharia, Mauro Dottori, que foi o primeiro palestrante do evento e vê o início de boas parcerias entre a classe empresarial e Barueri.
O evento reforçou que o diálogo entre o público e o privado gera resultados positivos. “Acredito que o empresário sai do evento com muito ânimo para compartilhar isso com suas equipes e, assim, estreitar o relacionamento com a prefeitura”, reforça Magoo (PSDB).