09/02/2018
IMÓVEIS
Locação de temporada exige cuidados, alerta Creci-SP
É preciso ter referências seguras
Gláucia Arboleya
Orientação é fazer contrato (Divulgação)

Muitas pessoas aproveitam os feriados, como o carnaval, para viajar e curtir. Nos planos, a locação de imóveis de temporada. Mas, o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (CreciSP), Viana Neto, alerta sobre os riscos que se corre quando se “aluga no
escuro”, segundo explica: “é nessas ocasiões que espertalhões costumam fazer falsos anúncios de imóveis que não lhes pertencem, mas existem de fato, com preços que soam tentadores e uma conversa fiada que faz parecer verdade o que é mentira”. Para não cair em golpes, ele recomenda que se alugue de conhecidos, ou de quem tenha referências seguras e, ainda, que se contrate a locação em imobiliárias credenciadas no Creci. A consulta pode ser feita pelo site www. crecisp.gov.br.

Visita ao imóvel
Deve-se conhecer o imóvel antes de fechar o negócio, sempre que possível. A visita permite saber qual é o estado real da propriedade, as características da vizinhança, qual a distância exata até a praia (no caso do Litoral), além das condições dos equipamentos domésticos.

Contrato
Uma providência importante é fazer um contrato, mesmo que a locação dure uma semana. Neste documento devem constar as datas de entrada e saída do inquilino, o valor, a forma de pagamento, eventuais multas para os casos de atraso ou depredação e até o número de pessoas que vão ficar no imóvel.