Rede de lojas aposta em tecnologia para diminuir tempo de espera nos caixas - Folha de Alphaville
02/06/2018
ECONOMIA
Rede de lojas aposta em tecnologia para diminuir tempo de espera nos caixas
Sam’s Club deu início a projeto que permite que o consumidor faça a leitura do código de barras
Paulo Talarico
Rodrigo Novelli, diretor de Marketing, simula uso do aplicativo durante as compras (Tom Vieira Freitas/Folha de Alphaville)

Usar a tecnologia para reduzir as filas e dar uma outra experiência para as compras aos consumidores. Essa é a aposta do Sam’s Club, clube de compras do grupo Walmart, que lançou recentemente um novo aplicativo para os consumidores e permite a redução em até 40% no tempo gasto nas filas na hora da compra.

A iniciativa começou a ser planejada no final do ano passado, quando a empresa se inspirou na filial americana e já está em funcionamento no Tamboré. O aplicativo para smartphones tem como uma das facilidades do Click in Go, que permite fazer a leitura do có- digo de barras ao pegar o produto e depois finalizar a com pra em um caixa exclusivo.

O processo exclui a necessidade de esperar no caixa que o funcionário faça a leitura dos códigos, o que costuma levar a filas. Além disso, há a ferramenta para localizar onde está a unidade mais próxima. “A gente vem perseguindo uma melhor experiência para o nosso sócio [cliente], dar uma melhor experiência no momento de comprar”, afirma Rodrigo Novelli, diretor de Marketing e Membership do Sam’s Club Brasil.

Ele explica que a ideia é superar a sensação negativa atrelada às compras, como as filas e a perda de tempo. No momento, as lojas do Sam’s Club devem manter caixas disponíveis para quem tem o aplicativo e também para os demais clientes que ainda não estão acostumados com o formato. No momento, o projeto já tem sido adotado nas lojas do estado de São Paulo e a ideia é expandir para o Brasil.

Para dar início ao trabalho, houve uma fase de testes junto aos próprios funcioná- rios, antes de abrir ao público. Ainda haverá novas fases. A aposta é ajudar o setor de varejo a buscar soluções em busca de crescimento por meio da tecnologia. 

“Não só no varejo, mas em diversos segmentos do mercado, a tecnologia está aí para nos auxiliar nos pontos fracos em cada negócio. A gente tem que identificar e melhorar a vida do nosso cliente e a tecnologia esta aí para isso”, reforça. Segundo a empresa, mais de 20 mil downloads foram registrados no estado, com uma média de 400 por dia.

Por enquanto, a maior procura tem sido nos fins de semana e são 40 compras efetuadas pelo modelo por dia.

Hábitos
O Sam’s Club espera dar novas funcionalidades ao aplicativo. Entre elas, a possibilidade de oferecer uma sugestão de compra, com base nos hábitos apresentados pelos consumidores durantes as compras.

“A gente tem a nosso favor todo o banco de dados, do comportamento de compras do nosso sócio, vai trazer a possibilidade de facilitar a vida dele”, afirma Novelli. Apesar da forte tendência tecnológica na otimização das compras, o diretor afirma que não a evolução não visa excluir pessoas dos processos.

“A tecnologia traz facilidades, o que não exclui as pessoas. Novas habilidades são exigidas no momento em que o aplicativo faz tudo, novos gaps são abertos. Porém, é preciso um processo de segurança mais apurado que exige pessoas. A evolução não exclui o componente humano, mas adapta novas facilidades ao serviço prestado”, conclui.