Alteração no ISS não vai afastar investimentos, dizem gestões - Folha de Alphaville
27/01/2018
ECONOMIA
Alteração no ISS não vai afastar investimentos, dizem gestões
Secretários de Barueri e de Parnaíba minimizam mudanças na chegada de novas empresas
Paulo Talarico
Foto: Rodrigo Albertini/Folha de Alphaville

Se com as mudanças na legislação tributária, as cidades não podem mais oferecer como atrativo a redução em impostos como o ISS para atrair investidores. Apesar da mudança e da perspectiva de perder recursos neste ano, as gestões de Barueri e de Santana de Parnaíba minimizaram o impacto sobre as chances de trazer novos negócios para a região.

De acordo com os secretários municipais, as cidades contam com atrativos suficientes para manter a chegada de empreendedores. No comando da pasta de Indústria e Comércio de Barueri, Joaldo Macedo Rodrigues enfatiza que a proximidade entre os empresários e a administração pública tem sido a estratégia.

“O que oferecemos e as empresas que já se instalaram estão gostando bastante é a questão da facilidade, através da secretaria, de falar com o prefeito quando necessário”, comentou.

A cidade também buscou atuar junto ao Investe SP, órgão do governo do estado com objetivo de trazer novas empresas para o estado. Entre outros pontos, a proximidade com os empresários que já fazem parte da cidade e da região de Alphaville é tem ajudado, segundo empresários. “A gente incute que Barueri é um lugar muito melhor do que qualquer outra cidade para se fazer negócio, e essa afirmativa verdadeira”, relata o secretário.

Parnaíba
No caso de Santana de Parnaíba, o secretário de Emprego e Desenvolvimento Econômico, Mauro Brunetto afirma que atualmente a cidade já tem buscado outros meios para atrair investidores. Ele cita o portal Investe Parnaíba, criado entre 2013 e 2014 e que é inspirado em uma ação realizada na capital.

“Há muito tempo estamos com um programa muito forte de atração de empreendedores e investidores”, afirmou. “Nessa base de trabalho, é analisado e é estudado cada caso, cada empreendedor, cada empresa que quer entrar no município”.

Brunetto ressalta que a mudança na legislação não levou a perda de nenhuma empresa na cidade até o momento e que a alteração na alíquota pode fazer com que o município arrecade até 20% a mais com essa taxa. Entre as empresas que tem chegado, estão algumas da área de Tecnologia da Informação e indústrias. Um dos atrativos é o fato de ainda haver espaços para projetos no município.

Além disso, a gestão tem buscado investimentos de outros países. Recentemente, o prefeito Elvis Cezar e o secretário estiveram na Itália para conhecer empresas de metalurgia e aviação. Antes houve agendas na Espanha e em Portugal. A cidade também participa do Mercocidades, com intercâmbio com países do Mercosul.