11/12/2017
COLUNISTAS
Gael de Sergio Guizé na ‘lei do retorno’
Colunista da Folha de Alphaville

Como foi amplamente divulgado, a “lei do retorno” – ou a máxima “aqui se faz, aqui se paga” – foi o ponto de partida escolhido por Walcyr Carrasco para desenvolver a trama de “O Outro Lado do Paraíso”.

“O que a gente faz aqui volta por bem ou por mal”, declarou o autor durante a coletiva da novela realizada no Rio de Janeiro.

E Walcyr já definiu qual personagem foi escolhido para inaugurar com força essa máxima: Gael, tipo vivido por Sérgio Guizé.

Nos próximos capítulos, o filho de Sophia (Marieta Severo) voltará a espancar Clara (Bianca Bin). Só que desta vez, não terá a benevolência das autoridades, uma vez que o novo delegado, Bruno (Caio Paduan) o colocará atrás das grades.

Para piorar ainda mais a situação, Gael será transferido para um presídio e ficará um bom tempo por lá, para desespero da família que sempre foi conivente com as suas práticas de violência.

Lá, comendo o pão que o diabo amassou, o personagem começará a repensar a vida, fazer uma análise de personalidade. E é aí que também entrará em cena Mercedes, Fernanda Montenegro, aquela que “cura as pessoas tanto física quanto espiritualmente”, para ficar ao seu lado. E, por meio de aconselhamentos, ajudar no seu recomeço.




Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br