Em Santana de Parnaíba, radares começam a multar no mês de outubro - Folha de Alphaville
03/08/2018
CIDADE
Em Santana de Parnaíba, radares começam a multar no mês de outubro
Na cidade, foram anotados três acidentes de fatais. Em Barueri, 14 ocorrências
Gláucia Arboleya
A fase de testes já foi concluída. Há equipamentos implantados na Avenida Yojiro Takaoka, próximo a UNIP (Michela Brígida/ Folha de Alphaville)

Os radares instalados em Santana de Parnaíba, nove até o momento, começarão a multar os motoristas infratores a partir de outubro, segundo informações da prefeitura, solicitadas pela reportagem.

A fase de testes já foi concluída em Alphaville, onde há equipamentos implantados na Avenida Yojiro Takaoka, próximo a UNIP e na Alameda Miró, por exemplo. Serão fiscalizadas atitudes como avanço de semáforo, parada sobre a faixa de pedestres e velocidade.

Durante este mês e em setembro, a prefeitura estará promovendo campanhas educativas e de alerta aos motoristas referentes aos equipamentos instalados. Todos os radares estão interligados ao Sistema Detecta, integrado a Polícia Militar, que permite o monitoramento e a identificação de carros roubados, furtados e outras situações irregulares. A gestão informou que “todas as sinalizações de limites de velocidade, e via monitorada, já se encontram devidamente instaladas nas vias compreendidas”.

Em Barueri, conforme adiantado pela Folha de Alphaville, a prefeitura está com concorrência pública aberta para implantação de lombadas eletrônicas e equipamentos de fiscalização de velocidade e de avanço em sinal vermelho. O investimento é de R$ 957.549,00 (o município recebeu do governo estadual, por meio de convênio com o programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, R$ 1.277. 070,22 para estas e outras providências no trânsito).   

O prazo para receber as propostas é até 20 de agosto, segundo a gestão, “só após isso e a homologação da empresa contratada será possível precisar uma data para instalação”.

Os equipamentos serão colocados na Avenida Municipal com Avenida Exército Brasileiro (Rotatória do Soldado) – Jd. Alberto (fiscalização de velocidade e de avanço semafórico); Avenida General de Divisão Pedro Rodrigues da Silva, 400 – Aldeia de Barueri (fiscalização de velocidade e de avanço semafórico); Estrada dos Romeiros com as Ruas Almeida e Antônio Saviano – Vila São Silvestre (fiscalização de velocidade e de avanço semafórico); Avenida Alphaville, próximo à Avenida Copacabana – Alphaville 18 do Forte (lombada eletrônica) e Avenida Doutor Dib Sauaia Neto/ Via Parque, aproximadamente 460 metros após o acesso à Alameda Surubiju – Alphaville (lombada eletrônica).

De acordo com a administração, a inciativa será implantada porque houve aumento no número de acidentes e na quantidade de veículos circulando no município. “Apenas em 2016, foram registrados em Barueri 564 acidentes de trânsito com 50 óbitos; 52 com motocicletas e nove mortes; 58 atropelamentos e 10 mortes; e 1.673 acidentes sem vítimas (colisões). Diante disso e de políticas públicas preconizadas pela ONU (no programa Década de Ações para Segurança Viária (2011 a 2020), o Demutran realizou estudos, avalizados pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, que diagnosticaram a necessidade destas intervenções.

Acidentes

De janeiro a junho deste ano, de acordo com dados do Sistema de Informações Gerais de Acidentes de Trânsito no Estado de São Paulo (Infosiga), Santana de Parnaíba anotou três acidentes com vítimas fatais, sendo dois em vias municipais. Em Barueri, o número foi 366,66% maior, 14 ocorrências. Deste total, nove casos, ou seja, 64% foram em vias municipais. Dois destes registros, na Avenida Piracema, Tamboré. Somente nesta semana, dois acidentes foram relatados nas redes sociais por moradores da região, próximo ao Mackenzie Tamboré, na Avenida Marcos Penteado e na descida sentido o Centro de Apoio II. Não houve informações de feridos.