Preço do material escolar pode variar até 79% na internet - Folha de Alphaville
05/01/2018
CIDADE
Preço do material escolar pode variar até 79% na internet
Procon recomenda compra coletiva
A mesma mochila foi encontrada por R$ 159 e R$ 284,91 (Foto: Rodrigo Albertini/Folha de Alphaville)

Enquanto muitos ainda estão aproveitando as férias, os pais de crianças em ano letivo já começaram a correria para iniciar as compras de material
escolar, uma das principais despesas do mês de janeiro. De acordo com uma pesquisa feita pela reportagem na internet, nas grandes redes, a variação do preço do mesmo item pode chegar a 79%, como é o caso da mochila com rodas da Barbie Aventureira, encontrada por R$159 e R$ 284,91, diferença de R$ 125,91. 

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon -SP) recomenda aos pais, para que promovam e participem da troca de  ivros didáticos com quem possui filhos em idade escolar diferente; reúnam-se com outros pais para uma compra coletiva e evitem adquirir materiais  om personagens, logotipos e acessórios, que apresentam preços mais elevados.

A Fundação alerta para o fato das escolas não poderem exigir produtos de marca específica e serem proibidas de pedirem materiais de uso coletivo, como higiene, por exemplo. Em relação ao uniforme escolar, a orientação é verificar se o uso é obrigatório. Somente se o colégio possuir uma marca devidamente registrada poderá estabelecer que a compra seja feita na própria escola e/ou em outros estabelecimentos predeterminados. A Lei 8.907/94 regulariza a forma como as escolas públicas ou privadas  evem exigir o uniforme escolar, caso o adote.